light.gg

BOTAS DO MONTADOR

Exótico / Arcano / Armadura de pernas / Leg Armor

A manifestação de pseudofótons e matemática impossível.

Fonte: Setores Perdidos Solo Níveis Mestre e Lendário

Exotic Perks

Bênção da Ordem

Bênção da Ordem

Ficar em uma Fissura Curadora cria Buscadores Nobres que procuram aliados fora da fissura para curá-los. Ficar em uma Fissura Fortalecedora cria Buscadores Nobres que proporcionam bônus de dano a você e aos seus aliados. Sempre que um Buscador Nobre encontrar um aliado, a duração da fissura será brevemente estendida enquanto você estiver sobre ela. Concede um benefício moderado ao atributo de eficiência no ar do canhão de mão Lúmina.

Community Research

Credits
Passively grants 30 Airborne Effectiveness to Lumina.

Standing in a Rift creates Noble Seekers every 5 seconds that seeks out allies within 35 metres and apply a buff depending on the type of Rift.

Each time a Noble Seeker applies a buff, the Rift gets extended by 5 seconds.

Healing Rift Noble Seekers heal allies for 75HP and begins Health Regeneration.
Empowering Rift Noble Seekers grant a 35% and [PVP: 15%] Damage Increase for 5 seconds.
Last Updated 2022-04-24

Related Collectible

Lore

Botas do Montador

A manifestação de pseudofótons e matemática impossível.

I.

O sangue de Ikora Rey fervia. Tinha acabado de sair de uma reunião sobre a sabotagem ao acampamento Eliksni na noite passada. A cada detalhe, seu sangue era bombeado com uma intensidade cada vez mais audível, e a Luz vibrava na ponta dos dedos. Agora, enquanto cruzava a passarela elevada, sua raiva era tanta que ela parecia estar flutuando acima do chão na mais pura força do ódio.

De repente, uma voz grave e familiar rompeu aquela agitação: "A raiva confunde a mente, da mesma forma que a gravidade faz com o espaço-tempo. É uma forma de distorção: útil, porém perigosa." Ikora se virou, meio que esperando encontrar Osíris atrás dela. Mas ainda estava sozinha.

"E, assim como a gravidade, quando a raiva chega a uma massa crítica, ela desaba sobre si mesma, e nem mesmo a Luz consegue escapar." Ikora abriu um sorriso. Mesmo ausente, seu mentor sempre soube o que dizer.

Ikora Rey entrou em uma alcova e sentou-se com as costas apoiadas na pedra fria da Torre. Fechou os olhos e escutou a própria respiração. Concentrou-se em reduzir os batimentos cardíacos. Sentiu seus músculos relaxarem.

Assim que o corpo se acalmou, ela praticou uma das várias técnicas de meditação que Osíris ensinou logo no início do treinamento. Ikora sentiu a Luz percorrendo o corpo: primeiro como fogo ardente, depois, como rio impetuoso e, por fim, como brisa calma. Quando tornou a abrir os olhos, sua mente estava clara e aguçada.

Ela estava preparada para enfrentar o oponente.

II.

São-14 fazia o inventário de materiais bélicos quando Osíris adentrou o recinto. São colocou o tablet ao lado de um caixote de granadas e se levantou. Osíris esquadrinhou as prateleiras de armas e munições, procurando alguma coisa.

São permaneceu em silêncio, aguardando por algum tipo de reconhecimento. Quando ficou claro que isso não aconteceria, perguntou: "Osíris, o que você está procurando?" A voz soou alta e cheia de tensão.

Osíris não tirou os olhos das prateleiras. "O supressor de Luz que os Psiônicos usaram contra o Fantasma de Zavala. Preciso dele para a minha pesquisa."

"Acho que ficou com o Zavala. Pergunte a ele", respondeu o São, tentando não parecer chateado.

Osíris encarou o parceiro, cerrando os olhos enquanto pensava. "Muito bem," depois, como se em uma reflexão tardia, completou: "Obrigado".

Quando o ex-Arcano se virou para ir embora, São comentou: "Nós bem poderíamos passar um tempo juntos. Só nós dois."

"Fazendo o quê?", perguntou Osíris com um leve sorriso.

"Poderíamos voar para os Alpes", sugeriu o São. "Ou passear pelas ruínas de Praga, como costumávamos fazer."

"Parece uma boa ideia", disse Osíris, que então deu de ombros. "Contanto que a Cidade não seja reduzida a cinzas durante nossa ausência." Por fim, depois de uma breve pausa: "Isso é tudo?"

Isso é tudo? Por trás do capacete, São franziu a testa. "Acho que sim."

Osíris saiu da sala, deixando o São com um aperto na boca do estômago.

III.

Lakshmi-2 observou Osíris do outro lado do pátio movimentado. De todos os seres políticos na Torre, ele era o que mais lhe preocupava.

A preocupação não vinha da imprevisibilidade do ex-Arcano. Na verdade, era exatamente o contrário.

O Dispositivo não tinha problemas em processar a genialidade arrogante dele. Todos os movimentos de Osíris estavam dentro do desvio padrão.

Ainda assim, para alguém com a reputação lendária de ser excêntrico, as decisões de Osíris andavam surpreendentemente moderadas. Era essa previsibilidade inédita que a incomodava.

Talvez perder a Fantasma o tenha afetado mais do que era possível compreender. Talvez o peso da mortalidade tenha lhe minado a coragem.

Também havia a possibilidade de Osíris representar um ponto cego no conjunto de dados dos Vex: algo que apenas um Humano conseguiria compreender. Talvez fosse o exato oposto: poderia ser algo tão óbvio para os Vex que sua mente humana acabou por negligenciar.

Independentemente do caso, Osíris teria de ser vigiado à moda antiga, pelo menos até que sua utilidade se revelasse.

Add Review

Please sign in with your Bungie account to add your review.

Top
Loading...
No reviews, yet.